Cartas de referência para universidades internacionais

O que são cartas de referência e quem deve escrevê-las?

Por Team Hotcourses Brasil *

Um dos documentos importantes do processo seletivo holístico para estudar no exterior, as cartas de referência servem para que a universidade conheça cada um dos candidatos pelos olhos de uma terceira pessoa. Enquanto a essay ou personal statement é uma redação que deve ser escrita pelo próprio estudante, descrevendo-o e explicando os motivos para ser admitido pela instituição, a letter of reference ou letter of recommendation conterá as habilidades e capacidades do estudante de acordo com alguém que o conhece pessoalmente em um âmbito acadêmico ou profissional.

O que são cartas de referência?

 A carta de referência é uma carta endereçada à universidade estrangeira, geralmente à Secretaria de Admissões ou à Secretaria Internacional, em que alguém avalia as aptidões e conhecimentos de outra pessoa, geralmente de uma forma positiva. A carta pode ser exigida em diferentes processos: a admissão em uma universidade, um pedido por uma bolsa de estudo ou para concorrer a uma vaga profissional. É muito importante levar em consideração o propósito da recomendação para que ela contenha os dados do candidato relevantes ao processo seletivo que estiver participando.

Quem deve escrever a minha carta de referência?

As universidades internacionais costumam exigir de uma a três cartas de referência durante o processo de admissão. Normalmente, neste caso, os melhores referees (como são chamadas as pessoas convidadas para escrever a carta) são um professor universitário, um professor do ensino médio, um orientador, um supervisor, ou chefe ou qualquer pessoa que conviva com o candidato pessoal e rotineiramente em um ambiente escolar/acadêmico ou profissional.

O objetivo da carta é, basicamente, confirmar as conquistas, metas e desempenhos relatados na essay pessoal. Sendo assim, o relacionamento do candidato com a pessoa escolhida para ser a referência deve ser positivo. De preferência, escolha um professor que lecione alguma matéria relacionada à área de estudo que você quer estudar no exterior. Também seria preferencial que você optasse por uma disciplina na qual tem um bom desempenho; no entanto, mesmo que o seu histórico não contenha apenas notas A, o referee pode descrever a sua obstinação, participação em sala de aula, curiosidade, habilidades de comunicação e de trabalho em equipe, e outras qualificações.

Se o candidato faz alguma atividade extracurricular relacionado ao curso no exterior (um curso de Photoshop, por exemplo), o professor ou supervisor pode ser o referee. Se já possuir alguma carreira ou experiência profissional, o seu superior pode escrever a carta. Se a admissão for a um curso de mestrado ou doutorado, o orientador de trabalho de conclusão do bacharelado/mestrado será uma excelente opção.

O que deve conter na carta de referência?

 O seu referee deve escrever sobre exemplos concretos de situações de interação entre ele e o estudante. Como ele convive em sala de aula/no trabalho? Como o candidato reage a desafios? Como o candidato se comporta com os demais estudantes/colaboradores? Qual é o desempenho dele em trabalhos e provas? É claro, para ter bons exemplos em sua carta de referência, você deve dar motivos para consegui-los: ter um desempenho satisfatório em sala de aula, tirar notas altas e manter um bom convívio com professores e superiores. Ninguém tem obrigação de escrever a sua carta de referência, portanto, dê motivos para quererem conceder este favor a você.

Cada instituição de ensino superior, no entanto, tem regras diferentes e específicas em relação às cartas de referência, desde a quantia até quem deve escrevê-las e como devem ser enviadas. Portanto, é essencial que você verifique com atenção todos os requisitos obrigatórios do seu processo seletivo internacional antes de entrar em contato com qualquer possível referência.

Leia quatro dicas importantes sobre cartas de referência no Hotcourses Brasil.

*Hotcourses Brasil é um portal com dicas que facilitem ao estudante brasileiro encontrar a instituição, escola, faculdade ou universidade internacional na qual desejam estudar.

mm

Equipe G.A.T.E. BR

O G.A.T.E. (Global Access Through Education) é uma plataforma de conteúdo com artigos sobre escolas e universidades no exterior, perspectivas profissionais e informações sobre desenvolvimento pessoal.

Deixe uma resposta