Como se preparar para uma entrevista de emprego em inglês

Em um mercado de trabalho extremamente competitivo, falar inglês deixou de ser diferencial e passou a ser exigência para quem quer conquistar as melhores oportunidades e construir uma carreira de sucesso. Prova disso é que a maioria das empresas já testa essa habilidade específica dos candidatos no momento da entrevista.

Ser avaliado em outro idioma tende a causar ansiedade até mesmo em profissionais que têm conhecimentos avançados de inglês. Por isso, estudar e se preparar para o momento decisivo da entrevista de emprego em inglês é fundamental para quem quer impressionar e demonstrar com clareza suas habilidades no idioma.

Para o headhunter norte-americano Skip Freeman, autor dos livros “Headhunter Hiring Secrets” (Segredos de Contratação de um Headhunter, em português) e “Headhunter Hiring Secrets 2.0”, os primeiros 90 segundos dão o tom à entrevista de emprego. Sendo assim, é preciso demonstrar confiança imediata caso a conversa em inglês seja iniciada. “O conjunto da sua linguagem corporal – que engloba postura, sorriso, simpatia e até mesmo a sua energia – vai definir a primeira impressão que você causará. Por isso, a maneira como reage ao falar inglês é muito importante”, afirma Freeman.

Durante a entrevista, é esperado também que o candidato saiba discorrer sobre suas realizações profissionais e expor as suas competências com segurança. Por isso, a preparação antes do processo seletivo é muito importante.

Três dicas para se preparar para uma entrevista de emprego em inglês

1 – Estude sobre a empresa e prepare-se para fazer perguntas sobre ela

Independentemente do idioma, o primeiro passo para se preparar para uma entrevista de emprego é pesquisar sobre a empresa para conhecer seus valores e sua missão, além dos produtos e serviços que ela oferece. Quanto mais você souber, mais segurança terá caso seja solicitado falar sobre ela até mesmo em inglês. Além disso, você poderá ter a confiança necessária para fazer perguntas em inglês sobre a companhia, atitude muito valorizada por recrutadores. Esta é uma ótima oportunidade de mostrar que você entendeu tudo o que foi dito em inglês durante a conversa, participando ativamente da entrevista ao ponto de ter dúvidas e compreendendo o idioma bem o suficiente para formular um questionamento pertinente.

2 – Conheça o vocabulário específico da sua área

Mercado financeiro, direito, medicina e marketing são algumas das áreas que podem contar com expressões e vocabulários muito específicos, e é um diferencial dominá-los. Isso porque os recrutadores esperam que, durante a entrevista, o candidato transmita familiaridade com os jargões e consiga demonstrar que os seus conhecimentos da língua são apropriados para a posição que está disputando.

Para conseguir memorizar o vocabulário específico, ler conteúdos em inglês é uma dica importante. Além disso, fazer um curso de idioma com foco em profissões no exterior também ajuda a ganhar a confiança e a desenvoltura necessárias para o momento da entrevista, pois é possível praticar de maneira mais intensa o idioma e situações vividas no ambiente corporativo do que em um curso de línguas no Brasil. Este foi um dos motivos que levaram o analista financeiro João Paulo Reis Vieira Santos, de 34 anos, a fazer um curso inglês para negócios em Boston logo após deixar o emprego no banco onde trabalhou por mais de cinco anos. “Procurei por um curso que promovesse a melhoria do meu inglês e, ao mesmo tempo, que tivesse foco em negócios. Pela manhã, estudávamos inglês e, à tarde, tínhamos aulas de business, simulando questões comuns no ambiente de trabalho”, explica.

Garota toma café enquanto usa o computador para estudar inglês

3 – Pratique inglês com alguém fluente

Embora as entrevistas nem sempre sejam iguais, é possível listar algumas perguntas de praxe e, a partir delas, praticar algumas respostas no idioma. Faça isso primeiro por escrito, pensando sobre as estruturas e palavras mais adequadas para cada resposta. Depois, é interessante praticar essas respostas com outra pessoa, principalmente se ela for fluente no idioma. A ideia é que você seja corrigido e detecte erros clássicos não só gramaticais como a utilização de muitos clichês ou gírias.

“É importante treinar algumas questões em voz alta, filmando suas respostas com um computador, tablet ou mesmo o celular. Isso ajuda a ter um melhor resultado tanto na linguagem verbal quanto na corporal”, afirma Freeman.

Dicas sobre como se comportar em um entrevista de emprego em inglês

Quer saber mais sobre como se destacar em uma entrevista de emprego em inglês? Frases que devem ser evitadas, respostas que os recrutadores esperam ouvir para as principais perguntas, além de erros clássicos a evitar são abordados no e-book “Como se comportar em uma entrevista de emprego em inglês”.

O material foi elaborado com consultoria de nomes como o headhunter norte-americano Skip Freeman, a psicóloga Amy Cuddy, pesquisadora da Universidade de Harvard e autora de “Presence: Bringing Your Boldest Self to Your Biggest Challenges” (Presença: trazendo seu lado mais ousado para enfrentar seus maiores desafios, em português) e a coach Ana Brunier, especializada em desenvolvimento de carreira e comportamento profissional pela FIA/USP.

e-book sobre como se comportar em uma entrevista de emprego em inglês

mm

Equipe G.A.T.E. BR

O G.A.T.E. (Global Access Through Education) é uma plataforma de conteúdo com artigos sobre escolas e universidades no exterior, perspectivas profissionais e informações sobre desenvolvimento pessoal.

Deixe uma resposta