Opera House, um dos principais pontos turísticos da Austrália

A Austrália está esperando por você!

Se a Austrália já era um país muito procurado pelos brasileiros, o interesse dos estudantes daqui por esse país ensolarado e com qualidade de vida das melhores deve aumentar mais ainda a partir de agora. Isso porque, no mês de maio, o governo australiano publicou a Skilled Occupation List (SOL), documento com as profissões que oferecerão mais oportunidades para estrangeiros no país nos próximos 12 meses.

A lista, válida a partir do dia 1º de julho de 2016, engloba diversas áreas, como direito, arquitetura, contabilidade, engenharia, educação, psicologia e publicidade. Apesar de uma boa parte das vagas exigir formação superior, algumas pedem apenas curso técnico e experiência prévia na área escolhida.

Os interessados em se candidatar a um visto de residência australiana devem procurar a instituição credenciada (assessing authority) na Austrália para a entrega de currículos. Feito isso, o candidato receberá um documento chamado “skills assessment”, que irá dizer se a sua formação acadêmica e experiência profissional se encaixam nos padrões australianos. Os documentos essenciais são diploma, histórico escolar e documentos que legitimam a sua experiência profissional.

Inglês afiado = mais chances de sucesso

Antes de dar início ao último passo, que é o processo junto à imigração australiana, é preciso prestar o International English Language Testing System (IELTS), exame que avalia o nível de conhecimento do inglês e requer um mínimo de seis pontos em cada uma das categorias. E estar matriculado em um curso de inglês de longa ou média duração na Austrália pode ser um bom início para esse processo.

O STB oferece diversas opções de programas que o estudante pode escolher para melhorar seu conhecimento do idioma, ter um bom resultado no IELTS e poder combinar estudo e trabalho no país. Na Austrália, o estudante que estiver matriculado em um curso com carga horária a partir de 20 aulas e duração a partir de 13 semanas pode exercer uma atividade remunerada por 20h semanas (período de estudos) e 40h semanais (período de férias).

mm

Equipe G.A.T.E. BR

O G.A.T.E. (Global Access Through Education) é uma plataforma de conteúdo com artigos sobre escolas e universidades no exterior, perspectivas profissionais e informações sobre desenvolvimento pessoal.

Deixe uma resposta